A frígida Natasha (ou o relato de um vagabundo de férias)

Posted on 3 fevereiro 2007

2


a batalha teve seu fim! pra minha alegria, natasha voltou as operações há cerca de 2 horas e meia. ate o momento nao apresenta queixas ou quaisquer comentarios de carater negativo.


as 9h00 pontualmente acordei pra tomar café e colocar na pia aquilo que nao ia ser devorado (afinal as azeitonas do Magoo nao sao uma boa pedida nas primeiras horas do dia). feito isso abri a porta da menina, desconectei-a da corrente elétrica e voltei a dormir.


as 11h00 acordei e, para meu espanto, o balde das verduras nao estava cheio d´agua conforme previsto. entretanto-porem, o chao estava mto molhado. sim sim sim, a desgraçada da natasha tava soltando agua por tras….. la no motor. enfim… nada a fazer, so acompanhar o processo pra evitar maiores desgraças (isso quer dizer, que o grande bloco de gelo da parte superior caia e quebre tudo). pra acelerar o processo fui colocando chaleiras de água quente dentro da bichinha. acho que ajudou!

eis que as 16h30 aprox escutei um crac meio forte e corri pra acudir minha companheira conservadora do leite. o bloco estava a cair…. com o cuidado de quem segura algo muito precioso em suas maos, retirei o pequeno iceberg. as medidas: 41 de comprimento, 19 de altura e quase 2cm de largura! limpei-a, prateleira por prateleira, e recoloquei tudo dentro!


apos a faxina da cozinha (q tava cheia d´agua), olhei para o conjunto da obra, juntei os dedos da mao direita como quem vai dizer ´mama-mia´, trouxe-os para boca, beijei a ponta dos dedos barulhentamente e disse: BELEUZA!

Ass.: Camilo

Obs.: Eu, Magoo, grande mantenedor da gramática portuguesa, preferi deixar o texto do meu excelentíssimo roomate inalterado por respeito à sua livre expressão. Deixo claro isso.

Sugerencia del troesma

Blog muito divertido, muitíssimo bem escrito. Para quem gosta de quem escreve bem, aconselho-o. Tem uma sensibilidade e um tato com a escrita que me agrada muito. Um jeito só dela de abordar o mundo, a literatura, uma sinceridade rara hoje em dia em quem escreve. Opinião modesta aqui do cegueta que vos fala. Quem quiser conferir, sinta-se à vontade: Diário da Lulu
Posted in: Uncategorized