Terrorismicando-nos…

Posted on 13 fevereiro 2007

2


Desconfio eu que alguns argentinos estão querendo assustar a dupla tupiniquim de Caballito. Ontem mesmo cometeram contra nós dois ataques terroristas indiretos. Alguns radicalistas, sabendo da minha pequeníssima hipocondriaquice, puseram fogo no hospital vizinho nosso com o vão intuito de fazer eu me sentir sem um porto-seguro para os meus cada vez mais raros ataques de doenceítes (saiba disso o Rafa!). Intuito frustrado, devo eu dizer.

Depois, ainda no mesmo dia, intentaram com mais uma manifestação contra as torres de Caballito. Lembrem-se os incautos leitores que o presepeiro que vos fala mora na torre mais alta de Caballito, no último andar, no apartamento que tem a melhor vista. Pois bem, esses pobres aspirantes a terroristas organizaram outra, mais uma (não bastasse a da semana passada), manifestação contra as torres. Obviamente que os ignoramos e seguimos fazendo nossas coisas de sempre, como estudar, cozinhar e ver tv. Tal foi o nosso gesto de ignorá-los que até demos tchauzinho para eles da sacada. Pauvres petits…

Sugerencia del troesma

France rocks, como diria meu amigo croata de Paris. Bom, para todo e qualquer um que gosta de livros, literatura, manuscritos e coisas raríssimas inencontráveis em lugar nenhum, em biblioteca normal nenhuma, saibam que a Bibliothèque Nationale de France tem à disposição uma variedade incrível de textos digitais. Estava eu fazendo esses dias uma pesquisa sobre uma autora que tem me interessado nos últimos tempos, Hildegard von Bingen, quando, em menos de 15 minutos, baixei dois livros dela e um sobre ela pelo site da BNF. Só não consegui ainda o texto original, que nem sei se tem. Desejo, pois, muita diversão aos ratos de biblioteca de plantão.

Our freek world

Esta é velha, mas vale pelo choque que provoca. Não bastasse o bizarrísimo caso da Natascha Kampusch, que foi seqüestrada e “trancafiada” em um sótão por mais de oito anos, descobriu-se que uma cambojana ficou perdida cerca de 19 anos na selva. Parece até uma filme que eu conheço…

Posted in: Uncategorized