Un poco de todo

Posted on 30 outubro 2007

6


Bons Ares estava de férias. Ou melhor, Bons Ares estava com preguiça de estar de qualquer coisa. Isso, porém, não quer dizer que muitas coisas tenham acontecido nestes últimos tempos, umas boas, outras mais ou menos.

1. Semsorte está em terra rio-platenses fazendo-me uma visita. Diliça de semsorte! Passeamos, fomos comer em lugares estranhos (restaurante dinamarquês e chinês de verdade), curtindo a vida adoidado, como diria Trevis. Única notícia ruim é que ela volta amanhã para o Brasil e serão outros 40 ou 50 dias sem nos vermos. Essa história de distância é uma bosta! Por que é que não inventaram ainda um teletransportador?

2. Domingueira, depois de muito caminhar, fiz algo que fez minha adolescência vir à tona: andei de patins pelo Parque Tres de Febrero! Descoberta que foi. Muita gente andando de patins, uns aprendendo, outros nem tanto, e eu, completamente sem forma, achando que todos eram obstáculos a serem desviados aqui pelo Sr. Gosta-de-Velocidade. Zunga, lembrei muito de ti. Uma hora patinando já me deixou com dor nas pernas até hoje. Estou pensando em voltar lá neste domingo e em ¡ahorrar guita y comprarme un par de patines!

3. Camilonga de la Croix, também conhecido como El turistón, depois de outra estadia no Brasil, deu as caras novamente em BsAs. Quando será sua nova viagem do nada? Vai saber!

4. A tristeza de não ter leitores foi amenizada por comentários elogiosos de uma amiga do Camilo. Disse que leu todo o blog em algumas sentadas, que gostou muito de tudo e que manda elogios. Eu agradeço, imagino que ele também. É bom saber que alguém lê o que escrevemos. Fica, então, o convite para os que lerem este blog, se é que há, deixarem seus comentários.

5. Dona Ar-i-Ana andou se formando e foi oveada algumas vezes e jogada na piscina. Eu, obviamente, não lhe joguei nada. Não quero saber de rancores ou de desculpas para fazerem o mesmo comigo. Já me jogaram ovos na rua, um dia voltando de madrugada, e meu cabelo ficou fedendo por dias.

No mais, tudo firme e forte que nem prego na areia.

Posted in: Uncategorized