Vossuncê tumém qué?

Posted on 24 janeiro 2008

1


São 13h15 e tem meia hora que Tião, depois de vasculhar o lixo da vizinhança, empanturrou o bucho de uns restos de arroz, feijão e salada, azedos, que encontrou. Satisfeito, estacionou sua carrocinha sobre a calçada, debaixo de uma árvore, e se ajeitou na boléia enquanto sua égua Parruda começou a atacar o matinho. Cruzou as pernas, pegou uma folha de papel almaço já rascunhada que recuperou do mesmo lixo, um pouco de fumo do bolso da calça, enrolou um palheiro e brasa. Queria disfrutar do primeiro mormaço da tarde e da lombeira do almoço. Descanso merecido para Tião e sua égua.

Posted in: Uncategorized