Ufff… nada de novo na terra do sempre igual

Posted on 26 março 2008

3


Bons Ares está mais parado que bêbado olhando para o meio-feio e esperando que ele responda. Na verdade, é uma mistura de misturas coisas: preguiça, falta de assunto, correria, preguiça e um pouco mais de preguiça. Mas isso não quer dizer que não pense, todo dia, que tenho que escrever, que tenho que brindar vossas pessoas com minhas pérolas observísticas do mundo. A de hoje não é nenhuma. Sentei mesmo só para escrever, porque já fazia um mês que não postava nada, e não quero ser tomado por vadio, cargo que o Camilo e o Bíver já muito bem o merecem.

Sendo assim, nada de muito novo na terra do sempre igual. Vidinha curitiboca de sempre. Ainda revendo os amigos (parece, felizmente, que essa fase não termina nunca), saindo de vez em quando (com exceção desse fim de semana, que foi radicalmente vertical por conta da visita do Greg, amigo do Histoires des voyageurs), ouvindo minhas músicas e lendo meus livros. Novidades? Poucas: a melhor delas, que não quer dizer que seja muito boa, é que consegui um emprego e estou lá eu gastando oito horas do meu dia em troca de uns tostões no final do mês. Esperemos que não seja para o resto da vida… Planos sendo feitos na cabeçola aqui. No mais, meio que me mudei e desmudei umas duas vezes no último mês…

Bom, fico por aqui porque não tenho muito mais a dizer. Tendo idéias na cabeça, e espero que tenha logo, brindar-vos-ei com elas.

Posted in: Uncategorized