Os visitantes de Bons Ares

Posted on 7 maio 2009

4


Depois que instalei o Feedjit e o ClustrMaps, descobri que o blog tem visitantes estrangeiros, e que eles são muitos. Acabei desenvolvendo uma curiosidade a respeito de quem são, já que alguns parecem (repito: parecem) ser reincidentes nas visitas.

Até o dia de ontem e desde que instalei esses dois gadgets, Bons Ares já recebeu 1345 visitas, sendo 950 advindas do Brasil. O resto é de outros países, que listo aqui por ordem de maior visitação: Portugal, Argentina, Estados Unidos, Noruega e Peru. Os outros, que vão desde a Colômbia até Taiwan, tem menos de 10 visitas cada. Atenhamo-nos, porém, aos anunciados.

Consigo entender perfeitamente, embora não os conheça, como alguém de Portugal cai no Bons Ares. O idioma português nos une. Também compreendo as entradas argentinas. Abuelita e todos os amigos da época de cinema moram lá. Agora, Estados Unidos, Noruega e Peru?

Para os Estados Unidos, imagino que “sejam alguéns” da imensa colônia brasileira lá, que foram tentar a vida e acabaram entrando no blog à procura de outra coisa. A única pulga atrás da orelha que resta é uma determinada pessoa de Mountain View, Califórnia, que já entrou mais de uma vez e possivelmente acompanhe esporadicamente o blog. Me pergunto quem seria… Os motores das minhas elocubrações foram acionados e desejaram que fosse alguém do Google, para onde tantas vezes já mandei o meu currículo. Mas depois penso que não deve ser. Se fosse, já tinham respondido uns dos meus tantos mails.

Quanto à Noruega, minhas dúvidas são as maiores possíveis. A pessoa que entra, se é que é uma só, sempre entra de Oslo. Não conheço ninguém lá, de forma que a única conexão que posso fazer é com a Paty Girl, que andou indo para o Kongeriket Norge nesses dias e talvez tenha passado o link para algum amigo. Vai saber…

Peru. As poucas pessoas que conheço no Peru estão em Buenos Aires. Não consigo imaginar como um peruano qualquer teria caído no blog, já que não é tão fácil achá-lo. Ou se digita “bons ares wordpress” ou se digita o meu nome. Caso contrário, tem que procurar um tanto para achar.

Por fim, e foi o que me levou a escrever esse post, Bons Ares recebeu uma visita de Turku, na Finlândia. Finlândia? As poucas coisas que me ligam ao país, além da imensa curiosidade e vontade de ir para lá, é o fato de meu digníssimo herói Eruk Zjarm Fanalau ter sido parcialmente ambientado lá, na “fictícia” Suomalansaari. Fico pensando cá com os meus botões no que a pessoa de Turku teria digitado para cair no Bons Ares. Será que foi navegando e acabou caindo ou será que há alguma palavra-chave do blog que seja similar em finlandês e português, a qual acabou trazendo-a até este humilde tupiniquim que vos fala?

Descobrindo ou não como nosso compadre finlandês veio parar aqui, desejo a ele e a todos um Hyvät Ilmaa.

 

 

Posted in: Texto