Os concorrentes do Bons Ares

Posted on 23 julho 2009

0


Concorrentes ou homônimos? Vai saber…

Esses dias precisei entrar no blog de um computador que não o meu. Por preguiça de digitar o endereço que sei de cabeça, fui até o oráculo máximo e o deixei me dar a resposta pronta. Que surpresa tive! Encontrei outros Bons Ares por aí. E ainda para maior surpresa, eles não têm nada a ver com o meu Bons Ares.

O primeiro link que encontrei foi o da Fundação Bons Ares, que parece ser uma instituição que dá auxílio a crianças com câncer ou pacientes com Aids. Um de seus projetos, o Cidade da Esperança, tem foto na internet:

Cidade da Esperança, em Botucatu

Cidade da Esperança, em Botucatu

Em suma, um homônimo com intenções nobres.

Outro que encontrei é o de um portal de vendas de perfumes e cosméticos em geral, desde cremes faciais até maquiagem. Olha aí a logo do portal:

"Descubra a essência que existe em você" é a logo deles

"Descubra a essência que existe em você" é o mote

Por fim e talvez o mais interessante de todos os outros Bons Ares, isso na minha modesta opinião, é que Bons Ares também é uma marca de vinho! Cumé? De vinho? Sim, de vinho. Produzido pela Ramos Pinto Quintas, a Quinta Bons Ares é responsável por vinhos tintos e brancos, misturando uvas tradicionais portuguesas com Cabernet Sauvignon, os quais são devidamente conservados em barris de carvalho francês (oh la la!).

Um Bons Ares tinto. Saúde!

Um Bons Ares tinto. Saúde!

Veja o que o site diz a respeito da quinta e do vinho:

A Quinta dos Bons Ares, propriedade que remonta ao período romano, conforme atestam os vestígios arqueológicos encontrados, foi adquirida em 1985 pela Casa Ramos Pinto com o objectivo de aí se implantar um centro de vinificação.
A Quinta dos Bons Ares foi escolhida tendo em conta diversos factores determinantes, nomeadamente: a elevada altitude que lhe confere temperaturas mais amenas no Verão e, portanto, mais indicadas para o armazenamento e estabilização dos vinhos; a proximidade com a Quinta de Ervamoira e a produção de uvas mais ácidas e frescas que as produzidas nesta outra quinta, mais maduras e concentradas, com as quais se atinge um extraordinário blend.
Características Vitivinícolas
A Quinta dos Bons Ares fica localizada na região do Douro, sub-região do Douro Superior, na freguesia da Touça, a 600 m de altitude. Tem uma área total de 50 ha dos quais 20 ha são área de vinha.
Da percentagem de variedades produzidas nos Bons Ares a maior fatia cabe à casta Viosinho com 35%, seguida da Cabernet Sauvignon com 30%, da Riesling com 10%, da Merlot com 10% e de 15% de Touriga Nacional.

A Quinta dos Bons Ares, propriedade que remonta ao período romano, conforme atestam os vestígios arqueológicos encontrados, foi adquirida em 1985 pela Casa Ramos Pinto com o objectivo de aí se implantar um centro de vinificação.

A Quinta dos Bons Ares foi escolhida tendo em conta diversos factores determinantes, nomeadamente: a elevada altitude que lhe confere temperaturas mais amenas no Verão e, portanto, mais indicadas para o armazenamento e estabilização dos vinhos; a proximidade com a Quinta de Ervamoira e a produção de uvas mais ácidas e frescas que as produzidas nesta outra quinta, mais maduras e concentradas, com as quais se atinge um extraordinário blend.

Características Vitivinícolas

A Quinta dos Bons Ares fica localizada na região do Douro, sub-região do Douro Superior, na freguesia da Touça, a 600 m de altitude. Tem uma área total de 50 ha dos quais 20 ha são área de vinha.

Da percentagem de variedades produzidas nos Bons Ares a maior fatia cabe à casta Viosinho com 35%, seguida da Cabernet Sauvignon com 30%, da Riesling com 10%, da Merlot com 10% e de 15% de Touriga Nacional.

E eis aqui uma foto dos parreirais da região:

Quinta Bons Ares, em Douro, Portugal

E da quinta Bons Ares propriamente dita:

Emocionante, não?

Emocionante, não?

Só fico me perguntando agora se vou poder requisitar depois tudo isso como herança. Não seria nada mal ir morar em Portugal, em um vinhedo, trabalhando nisso de manhã e escrevendo à tarde. Para quem vive sonhando em ganhar na Mega Sena e parar de trabalhar, esse é um sonho bem plausível…

Posted in: Causo, Pensação