Depois da batalha

Posted on 9 novembro 2010

1


A todo pano
após uma jornada o vento nos empurra para novas paragens

a história não acaba na ponta da pena ou espada

se faz estória nas batalhas

ali a alma luta com toda vontade.

Fracos aqueles que não creem

derrotados antes mesmo da batalha

após o fim da batalha as velas queimam

os homens mortos comemoram no convés

e o poeta ainda escreve

sobre a nau na velocidade do fogo

seguia seu fim…

para na manha seguinte renascer

a história não acaba

na ponta da pena ou espada

se faz a estória nas batalhas.

 

Agradecimentos ao amigo Wagner Krishna.

Posted in: Texto